Cores aplicadas



As cores possuem um vasto significado e são de extrema importância em uma composição, este post tem o intuito de analisar cartazes e embalagens mostrando a sensação e o objetivo da suas aplicações. Inspirado em um trabalho de faculdade em parceria com Ulisses Candal nasceu este texto.

O post está divido em três categorias de forma a facilitar a compreensão, Monocromáticas, uma cor só, Complementares, cores que se complementam em relação ao circulo cromático, ou seja opostas e Análogas, vizinhas em relação ao circulo.

Monocromáticas

Apocalypse Now (1979)
Dir.: Coppola

apocalipsenow

Trazendo uma escala de cores monocromática avermelhada, captamos a atmosfera desse filme, que se passa em um ambiente de guerra, a relação da palavra apocalipse com o vermelho do fogo, o rosto do personagem deformado nos remete a violência e principalmente a questão deste cartaz não ser o original e sim, a versão russa onde aproximou-se da estética soviética.

Seven (1995)
Dir.: David Fincher

seven

Essa escala de cores terrosa nos permite traçar duas relações perante a história do filme, um assassino que mata suas vitimas de acordo com os sete pecados capitais, a primeira é o pecado como algo do homem da terra e a segunda o pecado como algo sujo e as cores nos lembrando a lama.
Uma curiosidade também é que toda vez que um cadáver aparece a luz predominante da cena se baseia na escala de cores deste cartaz.

Produto Espa
Pentagram

espa

Não só em filmes, mas em qualquer peça gráfica temos essa aplicação das cores conscientemente, neste exemplo o uso da escala monocromática está bem claro e estampado na nossa cara, resultou em um efeito bem interessante. A escolha do magenta é o motivo de remeter ao feminino.

Complementar

KABLUEY
Dir.: Scott Predergast

kabluey

O uso do laranja e do azul é muito comum em cartazes de filmes, Kabluey usou-o de forma muito interessante. A figura em azul se refere ao ator principal que trabalha como mascote da empresa Kabluey.
A idéia do filme e do cartaz se baseia na alienação, onde todo o mundo é laranja e o personagem azul, isolado. Outra brincadeira é a questão da expressão estou blue, comum nos estados unidos, que se refere a estar triste.

El Llmado de la selva
Dir.: Ken Annakin

Existe uma lei na maioria dos países, aqui no brasil também, que os cartazes vinculados devem ser produzidos no país. Na época deste cartaz a lei entrava em vigor e os recursos eram bem limitados a maioria sendo produzido por serigrafia o que obrigava a usar cores chapadas e linhas simples de forma a conseguir contrapor e trabalhar muito bem esses elementos.

el-llamado-de-la-selva

13 going on 30
Dir.: Gary Winick

O filme se trata de uma garota de treze anos que desejou ter trinta e conseguiu(bahh!). O magenta mais uma vez está ligado há feminilidade da mulher, o verde contrapõe significando infância deixada para trás.

goingon30

Sommarlarger
Entire & Birth

Embalagem de uma cerveja usando as cores complementares laranja e azul. Seu consumo deve ser feito gelado, cor azul, e sua coloração é alaranjada, por isso o laranja na parte inferior. O designer da lata resumi a criação na ideia de trazer uma cerveja gelada para as noites quentes de verão.

sommarlarge

Análogas

Into the Wild
Dir.: Sean Pean

O uso das cores análogas na maioria das vezes passa uma sensação harmônica para qualquer composição, Into the wild traz essas aproximação de tons de uma forma bem suave, trazendo um ar de reflexão e traquilidade. Questão abordada no filme onde o personagem viaja pelo Estados Unidos com pouco dinheiro e evitando as grandes cidades.

intothewild

Hero
Dir.: Yimou Zhang

Filme é conhecido por fazer um excelente trabalho com as cores durante a narrativa, com mudanças sutis dependendo do clima da cena. Não poderia decepcionar no seu cartaz. A montagem entra em harmonia até com a foto da personagem.

hero

The Dark Knight
Dir.: Chirtopher Nolan

Não poderia deixar de fora este cartaz, o uso do verde e do roxo característico do coringa e sua loucura, se confundem com o azul dando a impressão de estar olhando através de um vidro. O azul é uma cor muito corriqueira em filmes de fantasia.

dark

Conclusão

As cores podem ter diversos significados, variando de pessoa para pessoa, de cultura para cultura, a intensão foi apresentar que apenas analisando-as podemos retirar muitos significados de qualquer peça gráfica e a importância na sensação passada ao espectador por elas.
Quero agradecer a Rafaela Gabardo e a Mônica Leite por terem pesquisado sobre alguns cartazes que foram apresentados aqui.


Gostou deste post?